Tradições bizarras

Yanomami

Esta tribo provém do Brasil e da Venezuela, e tem como tradição religiosa proibir a manutenção de qualquer parte do corpo do morto.
Quando um Yanomami morre, o corpo é queimado, os ossos triturados e misturados com as cinzas.
No final, esta fantástica mistela de cinzas de morto e ossos triturados(também de morto), são divididos pela família inteira para comer.

Lançamento de bébes
Todos os anos, na Solapur (uma região em Maharashtra, Índia) diversos pais reúnem-se para lançar os seus bébes do alto de uma torre de 15 metros e aparados por uma cama elástica improvisada.
Os pais acreditam que a prática dará aos seus filhos vida longa e serão saudáveis.
Veja o vídeo

Ritual Matam

Para comemorar a morte de Husayn ibn Ali (um neto de Maomé), alguns grupos de muçulmanos xiitas tomam as ruas e chicoteiam-se especialmente com navalhas ou facas. Outros grupos fazem cortes em suas cabeças com uma faca. Esta terrível tradição, chamada de Matam, também é praticada por crianças ou forçada pelos próprios pais a fazerem parte do ritual.

Veja o vídeo:

Comer mortos

Os Aghoris são membros de uma seita hindu que adoram Shiva. Nada é considerado tabu, beber, drogar-se  e comer carne são práticas normais na tribo. O aspecto mais chocante dos Aghoris, é encontrar cadáveres, meditar em cima do corpo e em seguida os membros são removidos e comidos crus. Através do vídeo abaixo poderá conhecer um pouco melhor esta tribo.



O ritual do cuspo

Você aprendeu que cuspir para cima das pessoas é uma tremenda falta de respeito, mas não paea a tribo Masai encontrada no Quênia e na Tanzânia. Lá uma forma de saudação é cuspir uns aos outros, além de que, quando uma criança nasce, a forma de "batismo" adotada pela tribo é o bébe ser cuspido, pelos homens da tribo Masai.

0 comentários:

Enviar um comentário

Seguir por Email

Tradutor

Acerca de mim

A minha foto
Artes Plásticas e Multimédia

Publicações mais recentes

Pesquisas Frequência X

Arquivo Frequência X

Seguidores