Crueldade na Dinamarca

Ano após ano, o mar pinta-se de vermelho, na Ilha Feroe na Dinamarca. Tudo isto, como já deve calcular, trata-se de mais um massacre contra animais, neste caso inteligentíssimos e adoráveis Golfinhos Calderon.
Este facto trata-se de uma vil tradição, onde participam principalmente jovens, com o objectivo de demonstrar que já chegaram à idade adulta .
 Nesta tradicional festividade da região nada falta para animar, pois todos participam de uma forma ou de outra, matando ou assistindo e apoiando esta bizarra celebração  tão cruel e egoísta.
É importante relembrar que esta espécie de golfinho, como quase todas as outras espécies de golfinhos, aproxima-se do homem únicamente para interagir e brincar com ele em gestos de pura amizade.
 Eles não morrem instantaneamente, são cortados uma ou duas vezes com ganchos grossos. Nesse momento os golfinhos produzem um som estridente bem parecido ao choro de um recém-nascido.
Não há qualquer tipo de compaixão demonstrada pelos humanos, enquanto assistem à eminente morte destes dóceis animais, que devido à perda de sangue perdem a sua consciência e morrem.
Finalmente estes heróis da ilha, agora são adultos racionais e direitos, já demonstraram a sua maturidade.
É de facto de lamentar que actos como este acontecam por aí, ainda por cima ano após ano.
Veja as tristes imagens!





















fonte aqui

0 comentários:

Enviar um comentário

Seguir por Email

Tradutor

Acerca de mim

A minha foto
Artes Plásticas e Multimédia

Publicações mais recentes

Pesquisas Frequência X

Arquivo Frequência X

Seguidores