O tempo na Terra pode ter sido alterado

Durante muitos anos aspessoas têm comentado que aparentemente o tempo está passando mais rapidamente. Muitos afirmam que isso é relativo pois o tempo passa diferentemente para determinados tipos de pessoas tendo em vista actividades trabalhadas durante o dia.



Como explicar isso!?

Em 1952 o físico alemão W.O. Schumann constatou que a Terra é cercada por uma campo eletromagnético poderoso que se forma entre o solo e a 100 km acima de nós. Esse campo possui uma ressonância de mais ou menos 7,83 pulsações por segundo. Essas pulsações funcionam como uma espécie de marca-passo responsável pela condição comum de todas as formas de vida.
Verificou-se também que seres vivos, e o nosso cérebro são dotados da mesma frequência de 7,83 hertz. Também foi constatado que não podemos ser saudáveis fora desta frequência natural, e sempre que astronautas se encontram fora da ressonância adoecem.
Por milhares de anos as batidas do coração da Terra tinham essa frequência de pulsações e a vida desenrolava-se num relativo equilíbrio ecológico. Ocorre que a partir de 1990 a frequência passou de 7,83 para 11 e depois para 13 hertz por segundo. O coração da Terra disparou.
Devido a aceleração geral, a jornada de 24 horas, na verdade, é somente de 16 horas. Portanto, a percepção de que tudo está passando rápido demais não é ilusória, mas teria base real neste transtorno da ressonância Schumann.

Fonte

0 comentários:

Enviar um comentário

Seguir por Email

Tradutor

Acerca de mim

A minha foto
Artes Plásticas e Multimédia

Publicações mais recentes

Pesquisas Frequência X

Arquivo Frequência X

Seguidores