Diane Arbus - Um Mundo Demente

Diane Arbus foi uma fotógrafa que se entregou de corpo e alma à sua arte. Sempre à procura de captar o invulgar e obscuro, o seu trabalho é uma mistura entre a angústia e a demência onde o sujeito é o elemento mais importante da obra...
Diane nasceu no dia 14 de Março de 1923 em Nova Iorque e tornou-se célebre graças à fotografia. Casou cedo, com apenas 18 anos e foi com o seu marido, Allan Arbus que iniciou a sua aventura no mundo fantástico da fotografia. Desde cedo Diane dedicou-se a registar os momentos mais obscuros da vida, ela procurava por personalidades interessantes e invulgares...
Foi no principio dos anos 60 que a sua carreira de fotojornalista disparou, altura em que publicou o seu trabalho em inúmeras revistas de renome. Sempre diferente e com um estilo muito próprio Diane conseguiu captar a atenção do seu público enquanto ao mesmo tempo dava a conhecer, através do seu trabalho, o lado mais demente da vida...
Infelizmente ela deu tanta atenção à obscuridade que acabou por a atrair para a sua própria vida. Em Julho de 1971 a fotógrafa vítima da depressão, decidiu por termo à sua própria vida e o mundo artístico ficou mais pobre. Durante a sua carreira Diane deu sempre importância às personagens que à partida a sociedade coloca de parte e foi graças a isso que se tornou (depois da sua morte) a primeira fotógrafa americana a ser escolhida para a Bienal de Veneza. Em 2006 saiu o filme "Fur: An Imaginary Portrait of Diane Arbus" com Nicole Kidman baseado na sua vida...
Deixo-vos aqui um pequeno exemplo do seu impressionante trabalho...































fonte aqui

0 comentários:

Enviar um comentário

Seguir por Email

Tradutor

Acerca de mim

A minha foto
Artes Plásticas e Multimédia

Publicações mais recentes

Pesquisas Frequência X

Arquivo Frequência X

Seguidores