Calvin Klein tem campanha proibida na Austrália por sugerir violência e violação!


Uma controversa campanha publicitária da marca americana, Calvin Klein foi proibida recentemente na Austrália por incitar cenas de violência e violação.
Estrelados pela top model Lara Stone, os anúncios da campanha de inverno 2010/2011 foram veiculados em todo o país, e mostram a modelo posando em fotos com três outros modelos.
Para a Advertising Standards Bureau, instituição australiana que regulamenta os anúncios publicitários, a campanha da marca seria uma incitação de violência e violação. O órgão confirmou uma série de queixas de mulheres que se sentiram agredidas pelo anúncio, e de homens, que se sentiram rebaixados pelas atitudes sugeridas pelas imagens.

Vídeo da campanha:


Fonte

0 comentários:

Enviar um comentário

Seguir por Email

Tradutor

Acerca de mim

A minha foto
Artes Plásticas e Multimédia

Publicações mais recentes

Pesquisas Frequência X

Arquivo Frequência X

Seguidores